top of page

qui., 10 de mar.

|

Evento Online.

OPAS - Pacote HEARTS e doença renal

O registro está fechado
Ver outros eventos
OPAS - Pacote HEARTS e doença renal
OPAS - Pacote HEARTS e doença renal

Horário e local

10 de mar. de 2022, 15:00 – 16:00

Evento Online.

Sobre o evento

A doença renal crônica (DRC) afeta aproximadamente 10% da população mundial. A maioria dos casos é evitável gerenciando os principais fatores de risco, como a hipertensão e diabetes. A DRC geralmente é progressiva e não apresenta sintomas até estágios avançados, quando tratamentos como diálise e transplante renal são altamente invasivos e caros. Muitos países carecem de registros adequados, recursos suficientes e especialistas treinados para cobrir esses tratamentos. Isso indica grande iniquidade no cuidado da doença renal na região das Américas, sendo os países de baixa renda os mais desfavorecidos.

HEARTS nas Américas é a principal iniciativa da Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) para a prevenção e controle de doenças cardiovasculares (DCV). 

A HEARTS adota uma abordagem pragmática e abrangente para o manejo eficaz da hipertensão e a prevenção secundária de DCV, por meio de um protocolo de tratamento padronizado para hipertensão e uma via clínica que integra componentes-chave relacionados à medição adequada da pressão arterial, avaliação de risco cardiovascular e controle de risco, ao mesmo tempo em que fortalece a integração do diabetes e da DRC na atenção primária à saúde (APS). Atualmente, o HEARTS está sendo implementado em 22 países da América Latina e Caribe, incluindo 1.167 centros de atenção primária à saúde que atendem mais de 8,5 milhões de pessoas.  

A Sociedade Latino-Americana de Nefrologia e Hipertensão (SLANH, fundada em 1970) reúne 21 sociedades nacionais de nefrologia, com a missão de avançar a nefrologia na região. Desde 2015, o SLANH é um ator não estatal nas relações oficiais com a OPAS. Trabalhando juntos, o objetivo é alcançar a saúde renal para todos.  No Dia Mundial do Rim, a OPAS/OMS e a SLANH pedem a prevenção da doença renal crônica, gerenciando seus fatores de risco e melhorando o acesso ao tratamento, com ênfase no trabalho conjunto entre os diversos atores da saúde.

Inscreva-se aqui.

Compartilhe esse evento

bottom of page