Buscar

5º Encontro do Fórum Intersetorial para Combate às DCNTs no Brasil - 23 de Outubro de 2019

Atualizado: Fev 22

Objetivos


1. Atualizar participantes sobre DCNTs no Brasil e no Mundo e conhecer as atualizações da agenda nacional de DCNTs do Ministério da Saúde.

2. Compreender as prioridades e oportunidades de parceria com o Ministério da Saúde do Brasil.

3. Aprender com relatórios de casos sobre:

  • Parcerias com o setor privado e entre setores

  • Potencial e Impacto de inovações multisetoriais

  • Parcerias Intersetoriais vs Conflito de Interesses

  • Medição de impacto

4. Produzir Carta de Prioridades às Autoridades


PROGRAMAÇÃO


7:30 - 7:50 -  Credenciamento

7:50 - 8:20 -  Boas-vindas (Apresentação-Vídeo) e Abertura (Apresentação-Vídeo)

Mark Barone, PHI-MF; Eduardo Marque Macário, Ministério da Saúde; Carmino Antônio de Souza, Conasems; Katia de Pinho Campos, OPAS/OMS; José Luiz Gomes do Amaral, APM; José Otávio Corrêa, Abbott; Isabela Vargas, Sanofi; Simone Tcherniakovsky, Novo Nordisk;  Thais Junqueira, Associação Samaritano; Thais Moreno, Bayer

8:30 - 8:50 - Apresentação dos participantes (Ricardo Lauricella, FórumDCNTs)


8:50 - 9:50 - Painel 1 - Parcerias Intersetoriais vs Conflitos de Interesse (moderação: Márcia Regina de Mattos Chaves, PMSP) (Apresentação-Vídeo)


9:50 - 10:10 - Papel dos diferentes setores e parcerias multisetoriais que avançam a agenda das DCNTs no Brasil (facilitação: Yara Baxter, Novartis Foundation) 


10:20 - 10:50 - Coffee-Break


11:00 - 12:00 - Painel 2 - Seleção de indicadores para medição de impacto e ROI e sua relevância para atrair investimentos e influenciar políticas (moderação: Maria Angela Bouskela, YOM) (Apresentação-Vídeo)


12:10 - 13:10 - Como os três níveis de governo planejam o combate as DCNTs no Brasil e como encaram parcerias com os outros setores? (moderação: Patrícia de Luca, AHF) (Apresentação-Vídeo)


13:30 - Almoço


14:30 - 15:40 -  Qual deve ser o foco no combate às DCNTs no Brasil? O que está funcionando e o que não está? (moderador: Pedro de Paula, Vital Strategies)

  • Deborah Malta (UFMG) - Estamos no caminho certo para atingir a meta 3.4 da ONU? Pontos fortes e gargalos no Brasil (Apresentação-Vídeo)

  • Katia de Pinho Campos (OPAS/OMS) - Como as estratégias brasileiras para enfrentamento das DCNTs se comparam às estratégias globais? Propostas de melhoria (Apresentação-Vídeo)

  • Eduardo Marque Macário (MS) - Quais mudanças esperar no plano nacional de DCNTs e como o FórumDCNTs pode contribuir - (Apresentação-Vídeo)

  • Perguntas e  Respostas (Apresentação-Vídeo)


15:45 - 17:50 -  Início das Atividades dos Grupo de Trabalho (facilitador: Mark Barone, PHI-MF)

Grupo 1: Grupo de trabalho sobre Advocacia Cardiovascular (facilitação: Patrícia Vieira de Luca, Diretora Executiva da AHF) (Apresentação-Vídeo)

Grupo 2: Grupo de Trabalho sobre Diabetes (facilitação: Márcio Galvão, Professor da UFBA) (Apresentação-Vídeo)

Grupo 3: TJCC: Grupo de Trabalho sobre Oncologia (facilitação: Evelyn Kowalczyk, Analista de Projetos do Instituto Desiderata) (Apresentação-Vídeo)

Grupo 4: Grupo de Trabalho sobre Alimentação Saudável (facilitação: Bruno Helman, Assessor de Relações Institucionais da ACT) (Apresentação-Vídeo)

Grupo 5: Grupo de Trabalho sobre AVC (facilitação: Sheila Martins, Vice-Presidente da World Stroke Organization) (Apresentação-Vídeo)

Grupo 6: Grupo de Trabalho sobre Obesidade (facilitação: Pedro de Paulo, Diretor da Vital Strategies) (Apresentação-Vídeo)

Grupo 7: Grupo de Trabalho sobre DCNTs em Crianças (facilitação: Gabriela Guida, Gerente de projetos da Plan International Brazil) (Apresentação-Vídeo)

Grupo 8: Grupo de Trabalho sobre Saúde Mental e Neurológica (facilitação: Giulia Gamba, Desenvolvedora de Comunicação da AME) (Apresentação-Vídeo)


17:50 - 18:00 -  Fechamento


PALESTRANTES e FACILITADORES


Carmino Antonio de Souza, MD, PhD, LD

(Secretaria Municipal de Saúde Campinas)

Professor titular do Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Unicamp, onde desenvolveu sua carreira acadêmica: Graduação em Medicina (1975), Residência Médica (1976-1979), Docente da Disciplina de Hematologia e Hemoterapia desde 1979, Doutor em Medicina Interna (Concentração em Hematologia 1987), Livre-Docente (1996). Pós-doutorado na Universidade de Genova/Itália (1997-1998). Cerca de 360 trabalhos científicos publicados, mais de 10000 citações na literatura de mais de 1000 comunicações científicas em congressos nacionais e internacionais.  Diretor da ABHH, Conasems e Ex-Presidente do COSEMS-SP. Atualmente é Secretário Municipal de Saúde de Campinas.



Deborah Carvalho Malta, MD, MSc, PhD

(UFMG, GBD Brasil)

Professora Associada e pesquisadora da Escola de Enfermagem da UFMG. Possui Pós-Doutorado (Universidade Nova de Lisboa), Doutorado em Saúde Coletiva (Universidade Estadual de Campinas), Mestrado em Saúde Pública (UFMG), Graduação em Medicina (Universidade Federal de Juiz de Fora), residência médica em Pediatria e Medicina Social. Trabalhou como diretora do Departamento de Vigilância de Doenças e Agravos Não Transmissíveis e Promoção da Saúde do Ministério da Saúde por 12 anos e coordenou inquéritos nacionais, como a Pesquisa Nacional de Saúde, o Vigitel, Pense e o Plano de Ações Estratégicas para o Enfrentamento das DCNT no Brasil, 2011- 2022. Coordena o Grupo de Pesquisa do GBD Brasil.



Eduardo Marques Macário, MSc, PhD (Ministério da Saúde)

Graduado em Farmácia pela Universidade Federal de Pernambuco (1996), Mestrado em Saúde Pública pela FIOCRUZ/PE (2001) e Doutorado em Epidemiologia pela UFRGS (2013). Consultor técnico do Ministério da Saúde (de 2001-/2009), na gerência técnica do SINAN e na coordenação geral de doenças e agravos não transmissíveis. Desde 2010, atuou em saúde indígena da FUNASA e como coordenador do programa EPISUS na SVS/MS (2011-2012). Gerente de Doenças Imunopreveníveis e Imunização e Diretor de Vigilância Epidemiológica para o estado de Santa Catarina (2013-2018) e Gerente de Vigilância de IST, HIV/Aids e Hepatites Virais da SES/SC. É atualmente Diretor do Departamento de Análise em Saúde e Vigilância de Doenças não Transmissíveis.

Fabrizio Cardoso Rigout, PhD (PlanEval)

Doutor em sociologia pela Universidade da Califórnia em Berkeley, Fabrizio Rigout é diretor da PlanEval, consultoria que atua no segmento de monitoramento e avaliação desde 2007, tendo coordenado cerca de 90 avaliações de programas e políticas sociais no Brasil e para o sistema das Nações Unidas. Desenvolveu o Índice de Pobreza Multidimensional Paulista para a priorização do atendimento a famílias no estado.


Geraldo Lorenzi-Filho, MD, PhD (InCor-HCFMUSP)

Graduado pela Faculdade de Medicina da USP (1984), residência em Clínica Médica e Pneumologia (USP), Doutorado pela Faculdade de Medicina da USP (1993), Pós Doutorado em Medicina do Sono pela Universidade de Toronto (1996-1998). Montou o Laboratório do Sono da disciplina de Pneumologia do InCor com verba da FAPESP, em 1999, onde é o diretor até o presente momento. É Coordenador da Residência em Medicina do Sono do Hospital das Clínicas da FMUSP, Diretor do NICS - Núcleo Interdisciplinar da Ciência do Sono e Diretor Científico da Biologix - método simplificado para o diagnóstico da apneia do sono.


José Cristiano Soster

(SESAB - Secretaria da Saúde do Estado da Bahia) Graduado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2001) e pós-graduado pela Escola de Saúde Pública do Rio Grande do Sul na modalidade de Residência Multidisciplinar Integrada com Ênfase em Saúde Coletiva. Atuou na Atenção e Gestão na Saúde Pública, Coordenação da Estratégia de Saúde da Família, Coordenador do Núcleo de Atenção Integral e posteriormente Diretor da Atenção Básica do Município de Santa Maria. Trabalhou na Gestão Estadual como Coordenador de Políticas de Saúde e atualmente é Diretor da Diretoria de Atenção Básica da Secretaria Estadual de Saúde da Bahia.


José Luiz Gomes do Amaral, MD, MSc, PhD

(Associação Paulista de Medicina – APM)

Graduado pela Escola Paulista de Medicina - UNIFESP (1976), especialista em Anestesiologia (1979) e Medicina Intensiva (2000), Mestre (1981) e Doutor (1987) em Cirurgia Vascular, Cardíaca, Torácica e Anestesiologia pela EPM UNIFESP, portador do Título Superior em Anestesiologia - TSA/SBA (1983). É professor titular da disciplina de Anestesiologia, Dor e Terapia Intensiva do Departamento de Cirurgia da EPM-UNIFESP, desde 1991, responsável pelos Centros de Ensino e Treinamento da Sociedade Brasileira de Anestesiologia e da Associação de Medicina Intensiva Brasileira no Hospital São Paulo, foi presidente da Associação Médica Mundial, Associação Médica Brasileira e é presidente da Associação Paulista de Medicina pela terceira vez.


José Otávio Corrêa, MBA

(Abbott)

Bacharel em Administração de Empresas com MBA em Gestão Empresarial pela FGV, especialização em marketing pela ESPM e em Relações Governamentais pela Universidade de George Washington. Amplo conhecimento em Políticas Públicas, com mais de 25 anos de experiência na Indústria da Saúde. Trabalhou nas empresas Bayer, Schering AG, Sanofi-Aventis e Eurofarma em vendas, marketing, acesso ao mercado (público e privado) e, na Abbott desde 2012, como Diretor de Acesso e Negócios Institucionais no Brasil, e Diretor Global de Negócios Institucionais pela divisão Farmacêutica. Atualmente é responsável pela área de Relações Governamentais e Institucionais (Corporate) da Abbott Brasil, Paraguai e Bolívia.


Katia de Pinho Campos, MHSc, MBA, PhD  (OPAS/OMS)

Doutorado em Saúde Pública e Mestrado em Ciências da Saúde pela Universidade de Toronto (Canadá), e Mestrado em Administração de Empresas (MBA). Com sólida carreira em Saúde Pública, trabalhou no Canadá, Chile, México, Tanzânia, Moçambique, Filipinas, China, Mongólia, Vietnã, Laos, em Promoção da Saúde, Doenças Crônicas Não Transmissíveis, Saúde Urbana, Prevenção de HIV/AIDS, entre outras áreas. Lidera a unidade de Determinantes da Saúde, Doenças Não Transmissíveis (DNTs) e Saúde Mental na Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS/OMS), onde é responsável pela gestão de projetos de cooperação técnica com o Ministério da Saúde do Brasil e Secretarias Estaduais de Saúde.


Laura Cury, MSc

(ACT Promoção da Saúde)

 Assessora de relações internacionais da ACT Promoção da Saúde.  Mestre em História Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP).




Lívia de Almeida Faller

(Ministério da Saúde)

Graduada em enfermagem. Especialista em Saúde da Família e Comunidade, em modalidade de residência. Tem experiência na área de Atenção Primária, Saúde da Família e Comunidade e Sistema Único de Saúde. Atualmente Diretora do Departamento de Promoção da Saúde integrado na Secretaria de Atenção Primária a Saúde do Ministério da Saúde.


Márcia Chaves

(Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo)

Cirurgiã Dentista pela Universidade de São Paulo (FO-USP), com atuação em diversas áreas da Saúde Pública nas esferas estadual e municipal: apuração das denúncias relativas a superfaturamento; administração de contratos; compras públicas, tendo implantando as compras eletrônicas no município de São Paulo, entre outras. Foi autoridade sanitária na COVISA - Coordenação de Vigilância em Saúde, em processos de certificação de boas práticas, qualificação e validação de processos. Entre agosto de 2014 e dezembro de 2018 coordenou a reformulação da Ouvidoria SUS do MSP, que incluiu os serviços de atendimento ao usuário das organizações sociais contratadas, e se tornou referência nacional e internacional. 


Maria Angela Loguercio Bouskela, MD, MSc, MBA

(Consultoria de Saúde Global)

Médica pediatra, com Mestrado e MBA pela USP. Consultora na área da Saúde, participa da coordenação do projeto HealthRise Brazil. Trabalhou por 21 anos na Indústria Farmacêutica; responsável pela Divisão de Produtos Biotecnológicos na Roche, e CEO na Stiefel. Tem sólida experiência em liderança e gestão em ambientes complexos. Há 8 anos trabalha em Washington DC, com experiência em consultoria para a Abt Associates e no programa Saúde na África do Banco Mundial, com vivência em 13 países, e com coaching e mentoria, focando em desenvolvimento profissional e pessoal. 


Mark Barone, PhD                                           

(Public Health Institute e Medtronic Foundation)

Doutor em Físiologia Humana pela USP, Especialista em Educação em Diabetes e em Comunicação e Marketing. Desde 1999 desenvolve projetos nacionais e internacionais de Pesquisa e Educação em Saúde, Empoderamento e Liderança de Im-pacientes, e Divulgação Científica. Autor do livro "Diabetes: conheça mais e viva melhor". Membro da Diretoria da ADJ Diabetes Brasil, foi Fellow do Programa Global Health Leaders do PHI (2016-2019), atualmente é Diretor Técnico do Instituto de Saúde Pública do Brasil (PHI-Brazil), prestando serviço à Medtronic Foundation como Global Technical Advisor. No Brasil supervisiona a implementação dos programas HealthRise e HeartRescue Brazil. 


Patricia Vieira de Luca, MSc                           

(Associação Brasileira de Hipercolesterolemia Familiar)

Bacharel, Licenciada e Mestre em Educação Física pela Escola de Educação Física e Esporte da USP. Tem experiência na área de Educação Física com ênfase em Obesidade, Diabetes e Metabolismo, atuando principalmente em Educação e Advocacy em Saúde. Profissional voluntária em diferentes programas da ADJ Diabetes Brasil durante os últimos 10 anos. Foi presidente e atualmente é Diretora Executiva da Associação Brasileira de Hipercolesterolemia Familiar (AHF).


Paulo Saldiva, MD, PhD                                                   

(FMUSP/IEA)

Graduou-se (1977) e obteve o título de Doutor (1983) em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Tornou-se Livre-Docente em 1986 e Professor Titular do Departamento de Patologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo em 1996. Foi membro do Comitê Científico da Escola de Saúde Pública da Harvard University, USA (2012) e membro do Comitê de Qualidade do ar da Organização de Saúde (2005). Desde 2016, é diretor do Instituto de Estudos Avançados da USP e, desde 2018, é membro da Academia Nacional de Medicina. Concentra atividades de Pesquisa nas áreas de Anatomia Patológica, Fisiopatologia Pulmonar, Doenças Respiratórias e Saúde Ambiental e Ecologia Aplicada.



Pedro do Carmo Baumgratz de Paula, MSc

(Vital Strategies e FGV)

Bacharel em Direito pela Universidade Federal de Juiz de Fora - UFJF e Mestre em Direito Econômico pela Universidade de São Paulo - USP. Professor do Programa de Pós-graduação lato sensu da FGV Direito - São Paulo e da graduação da Universidade São Judas Tadeu. Diretor da Vital Strategies no Brasil e Coordenador-executivo da Iniciativa Bloomberg para Segurança Global no Trânsito em São Paulo.



Rafael Godoy Bueno da Silva

(Bloomberg Initiative)

Formado pela Universidade de São Paulo em 2013. Coordenador de Dados e Vigilância da Bloomber Initavie.





Thais Moreno

(Bayer)

Graduada em Hotelaria pela Universidade Anhembi Morumbi (2004), Bacharel em Tradução pela Universidade São Judas Tadeu (2007), pós-graduada em Gestão Estratégica de Negócios pela Fundação Instituto de Administração - FIA (2011) e especialista em Assuntos Corporativos e Comunicação Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas – FGV (2012). É gerente de Public Affairs e Advocacy na Bayer.


Thais Junqueira Franco Xavier, MSc

(Associação Samaritano) Graduada em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas em São Paulo, possui Extensão em General Management pela Harvard Business School e Mestrado em Educação Internacional Comparada pela Universidade de Stanford, Thaís é superintendente de Projetos da Associação Samaritano, instituição que articula, fomenta e investe em programas de prevenção de doenças crônicas não transmissíveis e promoção de saúde no Brasil. Foi também consultora da Egon Zehnder, gerente Geral da Knewton e diretora-executiva da Fundação Estudar.


Ricardo Lauricella (Comunicação Corporativa e Gestão no 3º setor)

Graduado em Comunicação Social e Jornalismo, com Pós-graduações em Comunicação Corporativa e Gestão no 3º setor, trabalha há 15 anos nas atividades de planejamento e interlocução com diferentes setores, especialmente na área da saúde. De 2009 a 2019 foi responsável no CIES Global pelo mapeamento, participação e acompanhamento de oportunidades, como oS prêmios recebidos pelo CIES, e de fóruns e grupos de trabalho relacionados a finanças sociais e indicadores de impacto social. Comandou, ainda, o departamento de Relações Institucionais, Comunicação e Marketing do CIES Global.


Simone Warmbrand Tcherniakovsky, MBA                               

(Novo Nordisk) Graduada em Farmácia- Bioquímica pela USP, com especialização em Marketing pela ESPM e MBA pela Insper, possui longa carreira em empresas farmacêuticas e de saúde. Iniciou suas atividades em marketing de produtos e nos últimos 10 anos, vem desenvolvendo grande experiencia em assuntos institucionais/governamentais, políticas de saúde, comunicação, advocacy e acesso a mercado. Responsável pela “start up” das áreas de comunicação e assuntos institucionais/governamentais em empresas como Baxter, Alexion Pharmaceuticals e desde 2015 na Novo Nordisk Farmacêutica, possui um histórico de sucesso no desenvolvimento e implementação de estratégias de assuntos governamentais e acesso a mercado em suporte a estratégias de negócios em diferentes áreas terapêuticas, assim como relações com imprensa, projetos de identidade corporativa e responsabilidade social corporativa.   


Wilson Modesto Pollara, MD, PhD

(Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual)

Graduado, Pós-graduado em Cirurgia Geral, Mestre, Doutor e Livre Docente pela Faculdade de Medicina da USP. Presidente Mundial do Colégio Internacional de Cirurgiões (1999-2000). Autor de livros e artigos sobre diferentes temas. Desde 1988 exerce cargos administrativos ligados a Administração Hospitalar, Convênios e Área da Saúde em geral. Exerceu a função de Coordenador Geral de Cirurgia no Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (2008-2011). Foi diretor Executivo do Instituto Central do Hospital das Clínicas da FMUSP (2011-2013). Foi Secretário-adjunto de Estado da Saúde de São Paulo (2013-2016) e Secretário municipal da Saúde de São Paulo (2017-2018). Atualmente é superintendente do Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Iamspe). 


Yara Carnevalli Baxter, PhD

(Fundação Novartis)

Graduou-se em Nutrição, com mestrado pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas e doutorado na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP). Participou em cursos locais e internacionais de liderança e gestão. Com início da carreira no Hospital das Clínicas da FMUSP por 12 anos, atuou em assistência, ensino e pesquisa. Trabalhou na Novartis do Brasil por 21 anos, dirigindo os Negócios da Nutrição Hospitalar; da Oncologia e na Diretoria de Comunicação e Responsabilidade Social Corporativa. Atualmente representa a Fundação Novartis nas suas atividades no Brasil para o projeto Better Hearts Better Cities.



Instituições participantes:

Abbott

Abrale/Abrasta

ACT Promoção da Saúde

ADJ Diabetes Brasil

Associação Amigos Múltiplos (AME)

Associação Brasiliera de Hipercolesterolemia Familiar (AHF)

Associação Paulista de Medicina (APM)

Associação Samaritano

Bayer

Bloomberg Philanthropies

CONASEMS

Crônicos do Dia a Dia

Departamento de Análise em Saúde e Vigilância de Doenças Não Transmissíveis da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde (DASNT)

Grupo de Advocacy em Cardiovascular

InCor-HC-FMUSP

Instituto Desiderata

Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (IAMSPE)

Instituto Saúde e Sustentabilidade

International Diabetes Federation - Região SACA

Janssen

Johnson & Johnson

Medtronic Foundation

Ministério da Saúde

Novartis Foundation

Novo Nordisk

Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS)

Organização Mundial da Saúde (OMS)

Pé de Feijão

Plan Evaluation

Plan International

Public Health Institute (PHI)

Rede Brasil AVC

Roche

Sanofi

Secretaria da Atenção Primária à Saúde do Ministério da Saúde (SAPS/MS)

Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (SESAB)

Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS)

Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo

Serviço Social da Indústria (SESI-CNI)

Sociedade Brasiliera de Hipertensão

Vital Strategies

Viva com Epilepsia

Universidade Federal da Bahia (UFBA)

Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucurí (UFVJM)

Young Leaders in Diabetes - International Diabetes Federation

119 visualizações

Assine nossa newsletter e fique por dentro!

  • Twitter
  • Facebook
  • YouTube