top of page
  • Foto do escritorFórumDCNTs

Relatório da Comissão de Evidências é atualizado para qualificar produção de pesquisas

A Comissão Global de Evidências para Enfrentar os Desafios Sociais (Global Commission on Evidence to Address Societal Challenges) lança a atualização do relatório da Comissão de Evidências "Um chamado para a ação e caminho a seguir para tomadores de decisão, intermediários de evidências e produtores de evidências orientadas para o impacto". A atualização de 2023 acontece um ano após o lançamento da primeira versão do material.

O relatório lançado em janeiro de 2022, disponível em sete idiomas e diversos formatos, fornece recomendações sobre maneiras de melhorar o uso de evidências de pesquisa, tanto em tempos de rotina quanto em futuras crises globais (consulte também o sumário executivo). Em 2023, a primeira atualização anual tem como foco em três prioridades de implementação:

  • Formalizar e fortaleça os sistemas nacionais de apoio à evidência: conduzir ou participar de uma avaliação rápida do sistema de apoio à evidência para o seu país e encontrar maneiras de agir com base nas lições aprendidas, caso já tenha sido realizada.

  • Aprimorar e alavancar a arquitetura global de evidências: incentivar financiadores e doadores - tanto em seu próprio país quanto aqueles que operam globalmente - a fazerem parte da solução e incentivar produtores de evidências orientados para o impacto - especialmente aqueles que produzem bens públicos globais, como sínteses de evidências vivas - a trabalhar de formas mais coordenadas e para construir conexões com redes e unidades domésticas de apoio à evidência.

  • Colocar as evidências no centro da vida cotidiana: apoiar as ONGs e os líderes cidadãos que atendem os cidadãos a agir em seu país.

A atualização do documento tem como objetivo qualificar e aumentar o aproveitamento de formuladores de políticas governamentais para que estejam abertos e disponíveis a novas abordagens para a tomada de decisão e o uso de evidências, sem retornar às medida anteriores à pandemia de COVID-19. Ou seja, o foco é evitar o grande desperdício de pesquisas realizadas

O documento aborda diferentes temáticas a fim de abranger e dar profundidade a elementos importantes e fundamentais com relação às pesquisas de evidências:


  • Natureza dos desafios sociais, a forma como ele é abordado, ou pela complexidade do problema subjacente

  • Decisões e tomadores de decisão: demanda por evidências, que integram a parte de impulso para tomar uma ação e a reflexão necessária para dar o próximo passo, fator que exige uma série de etapas

  • Estudos, sínteses e diretrizes: oferta de evidências, encontradas na tomada de decisão de oito formas diferentes. Seja em evidências quantitativas ou qualitativas a partir da análise de dados, modelagens e avaliações

  • Papel dos intermediários de evidências, que define os tomadores de decisão e que produzem as evidências de acordo com as melhores estratégias definidas ao objetivo proposto

  • Necessidade de bens públicos globais e capacidades distribuídas de maneira equitativa, que incluem robustez de processos, padrões rigorosos, publicações de livre acesso e priorização de esforços

Confira as recomendações

  • organizações multilaterais como o sistema da ONU, bancos multilaterais de desenvolvimento, a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE, na sigla em inglês), o G20, e outros;

  • formuladores de políticas governamentais nacionais e subnacionais;

  • líderes de organizações, profissionais e cidadãos;

  • intermediários de evidências, incluindo aqueles que atualmente não têm a função de intermediários de evidências (como os jornalistas, em sua maioria);

  • produtores de evidências, em particular, unidades orientadas para o impacto envolvidas na produção e no apoio ao uso de análises de dados, modelagem, avaliação, pesquisa do comportamento/de implementação, informações qualitativas, sínteses de evidências, avaliação de tecnologias/análise de custo-efetividade, e diretrizes.

Todos os documentos estão disponíveis na língua portuguesa, no site da Comissão Global de Evidências para Enfrentar os Desafios Sociais.


Sobre a Comissão Global de Evidências para Enfrentar os Desafios Sociais


O secretariado da Comissão de Evidências se envolve com os quatro grupos a seguir para abordar as prioridades de implementação da Comissão de Evidências:

  • Nosso Conselho de Implementação promove, contribui e/ou lidera os esforços para implementar as 24 recomendações do relatório e as três prioridades de implementação.

  • O Grupo de Líderes do Sistema de Avaliação Rápida de Apoio à Evidência (RESSA) promove a prioridade de implementação da Comissão de Evidências para fortalecer os sistemas domésticos de apoio à evidência, compartilhando as lições aprendidas com os países participantes e tomando medidas com base no que foi aprendido.

  • O Grupo de Produtores de Evidências Globais promove a prioridade de implementação da Comissão de Evidências para aprimorar a arquitetura de evidências globais, discutindo oportunidades para melhorar a coordenação e reduzir a duplicação e formas de envolver financiadores e doadores nessas oportunidades.

  • Nosso Grupo de Liderança Cidadã promove a prioridade de implementação da Comissão de Evidências para colocar as evidências no centro da vida cotidiana, fornecendo um fórum para líderes cidadãos e líderes de organizações que atendem aos cidadãos para moldar o pensamento e a ação.

Acesse o documento completo aqui.


Fonte: Comissão Global de Evidências para Enfrentar os Desafios Sociais

bottom of page