• FórumDCNTs

Bahia inclui pessoas com DCNTs em Grupo Prioritário de Vacinação

Por Lucas Xavier, Tacyra Nery e Mark Barone

De acordo com os Boletins Epidemiológicos Coronavírus do Ministério da Saúde, mais de 60% das mortes atribuídas ao novo coronavírus estão associadas a comorbidades, em sua maioria pessoas com uma ou mais DCNTs. Doença renal crônica aparece no gráfico desses boletins em destaque entre as doenças mais associadas aos óbitos. Diante disso, a Comissão Intergestores Bipartite (CIB) da Bahia, com participação da Secretária Estadual da Saúde da Bahia (SESAB) e do COSEMS, determinou que todas as pessoas com doença renal crônica em tratamento de hemodiálise sejam vacinadas.

Dentre os fatores levados em consideração para esta decisão, na Resolução CIB Nº 041, estiveram a taxa de ocupação de leitos de UTI e o caráter permanente de exposição dessas pessoas. O FórumDCNTs cumprimenta o governo da Bahia por essa decisão, visto que, adicionam-se aos fatores listados na resolução, a conhecida associação de diabetes e hipertensão à doença renal crônica. Portanto, a maioria dessas pessoas que estão recebendo a vacina são, de fato, pessoas com múltiplas DCNTs e, portanto, pessoas com risco de agravamento e óbito por COVID-19 muito aumentado.

Essa acertada decisão pode começar a ser cumprida após o recebimento da nova remessa com mais de 440 mil doses no dia 20 de março. Para as pessoas que fazem hemodiálise, além do risco muito aumentado pela doença renal e, geralmente, outras DCNTs associadas, há necessidade de deslocamento para centros de terapia renal substitutiva, a fim de realizar o tratamento de hemodiálise. Sendo um procedimento imprescindível para a manutenção da vida que não pode ser interrompido.

Em Vitória da Conquista, 315 doses foram disponibilizadas para esse fim, segundo a prefeitura. Para identificar quem são as pessoas com DCNTs para vacinação, o município de Camaçari solicita que pessoas usuárias dos serviços de hemodiálise apresentem Carteira de Identificação de paciente renal crônico em hemodiálise, emitida pelo estabelecimento de saúde onde o tratamento é realizado.


O FórumDCNTs espera que outros estados se motivem por essa atitude da Bahia e comecem o quanto antes a imunizar pessoas com DCNTs, assim como a ampliar medidas de proteção a esses grupos. Entendemos que o filtro escolhido pelo governo desse estado foi adequado para iniciar por pessoas com múltiplas DCNTs e, portanto, risco ainda mais aumentado dentro do grupo de pessoas com doenças crônicas. De qualquer forma, é fundamental que outros grupos de alto risco, como de pessoas com asma, dpoc, obesidade, entre outras DCNTs, passem o quanto antes a serem vacinados, como indica também o plano nacional de vacinação.


Leia aqui a “Carta Aberta do Movimento Todos Juntos Contra o Câncer em colaboração com redes de organizações da sociedade civil”, assim como manifestos publicados por diferentes grupos sobre esse tema nas últimas semanas.


Saiba mais sobre o impacto da COVID-19 sobre pessoas com diabetes no Brasil (link).

Assine nossa newsletter e fique por dentro!

  • Twitter
  • Facebook
  • YouTube