top of page
  • FórumDCNTs

DCNTs em 2023, o que priorizar? - 27/01

Assista aqui na integra


Agenda


16h00-16h10 - Abertura e Contextualização (Moderação: Mark Barone, FórumDCNTs) (Vídeo)


16h15-16h25 - Panorama e tendência das DCNTs/CCNTs para o ano de 2023 (Deborah Malta, UFMG) (Vídeo)


16h30-16h40 - Com base no panorama das Doenças Crônicas Não Transmissíveis levantadas pela Área da Vigilância Epidemiológica da SES/SP, quais ações esta área está priorizando para o ano de 2023? (Marco Moraes, SVS-SP) (Vídeo)


16h45-16h55 - Quais as propostas a OPAS está priorizando para o enfrentamento das DCNTs/CCNTs no Brasil em 2023? (Diogo Alves, OPAS) (Vídeo)


17h00-17h10 - Quais ações o novo governo deve priorizar no enfrentamento dos fatores de risco para DCNTs/CCNTs em 2023? (Paula Johns, ACT Promoção da Saúde) (Vídeo)


17h15-17h45 - Debate: Quais os pontos de atenção para avançarmos, em 2023, rumo ao ODS 3.4, levando em conta também o que foi identificado na Carta de Prioridades de 2022, do FórumDCNTs? (Vídeo)


Painelistas e moderador:


Deborah Carvalho Malta, MD, MSc, PhD

(UFMG, GBD Brasil)

Graduada em Medicina com residência em Pediatria e Medicina Social pela Universidade Federal de Juiz de Fora, Mestrado em Saúde Pública pela UFMG, Doutorado em Saúde Coletiva pela Universidade Estadual de Campinas, e Pós-Doutorado na Universidade Nova de Lisboa. Foi Diretora do Departamento de Vigilância de Doenças e Agravos Não Transmissíveis e Promoção da Saúde do Ministério da Saúde por 12 anos e coordenou inquéritos nacionais, como a Pesquisa Nacional de Saúde, o Vigitel, Pense e o Plano de Ações Estratégicas para o Enfrentamento das DCNT no Brasil, 2011-2022. Atualmente é Professora Associada e pesquisadora da Escola de Enfermagem da UFMG e Coordenadora do Grupo de Pesquisa do GBD Brasil.


Diogo Alves, MSc

(OPAS/OMS)

Graduado em Relações Internacionais pela Universidade Estácio de Sá e Mestre em Direito das Relações Internacionais. Atuou como Assessor de Assuntos Internacionais no Ministério da Saúde atuando na promoção de ações estratégicas internacionais, com articulação dos projetos de cooperação técnica e interlocução do Governo brasileiro com outros países em matéria de saúde global. Atualmente é Consultor Nacional da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS/OMS).


Marco Antônio de Moraes, MSc, PhD

(Secretária de Estado da Saúde de São Paulo)

Graduado em Enfermagem pela PUC, com Especialização em Saúde Pública pela UNICAMP e Mestrado e Doutorado em Saúde Pública pela USP. Atualmente é professor da UNIFESP e do Centro de Estudos de Enfermagem e Nutrição da PUC, e Diretor Técnico de Saúde da Divisão de Doenças Crônicas da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo (SES/SP), sendo responsável pela área de Promoção da Saúde na Vigilância Epidemiológica da SES/SP.


Paula Johns, MSc

(ACT Promoção da Saúde)

Graduada em Sociologia e Mestre em Estudos de Desenvolvimento Internacional pela Universidade de Roskilde, Dinamarca. Atua no terceiro setor desde 1998, coordenando projetos voltados à promoção dos direitos humanos, equidade de gênero, preservação do meio ambiente e saúde pública. Ex-presidente do conselho diretor da Framework Convention Alliance (FCA) e empreendedora social Ashoka. Membro do Conselho do GAPA - Global Alcohol Policy Alliance e da NCD Alliance. Compõe ainda o Comitê gestor da Aliança pela Alimentação Adequada e Saudável. Atualmente é Diretora Geral da ACT Promoção da Saúde.


Mark Barone, PhD

(FórumDCNTs)

Doutor em Fisiologia Humana pela USP, Especialista em Educação em Diabetes e em Comunicação. Desde 1999 desenvolve pesquisas e projetos de Educação em Saúde, Empoderamento, Liderança de (im)pacientes, Divulgação Científica e Saúde Global. Ampla experiência na facilitação de parcerias para a implementação, sustentabilidade e escala de programas e políticas de saúde. Foi Fellow no PHI e Diretor Técnico do Instituto de Saúde Pública do Brasil, prestando serviço à Medtronic Foundation como Senior Global Technical Advisor (2016-2019). Atualmente é Vice-Presidente Global da Federação Internacional de Diabetes (IDF), Membro do Advisory, Scientific, Education ou Steering Committee de entidades nacionais e internacionais, incluindo SBD, ADJ Diabetes Brasil, IAPO, BMJ Patients Panel, RICPHI e LFAC.


Parceiros Institucionais







bottom of page