top of page
  • Foto do escritorFórumDCNTs

Forus International destaca a sociedade civil como fundamental na implementação do ODS 17

Forus International lança o relatório “Desenvolvimento Sustentável por Deslocamento do Poder: Fortalecimento da Capacidade da Sociedade Civil como Ferramenta Chave para a Implementação do ODS 17”, oficialmente divulgado no dia 10 de julho e que fornece uma análise do potencial transformador de iniciativas de fortalecimento de capacidade para a sociedade civil e uma revisão de sua representação nas Revisões Nacionais Voluntárias (VNRs) de 2022.

O relatório foi desenvolvido em colaboração com 14 plataformas nacionais e regionais de Organizações da Sociedade Civil (OSCs) e fornece uma análise do potencial transformador de iniciativas de fortalecimento de capacidade para a sociedade civil e uma revisão de sua representação nas VNRs de 2022.


O documento também destaca o papel crucial das organizações da sociedade civil no avanço dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e a importância das iniciativas de fortalecimento de capacidade que são impulsionadas pelas necessidades e prioridades das próprias OSCs. Com foco na mudança da dinâmica de poder, garantindo a localização e descolonizando as práticas, o relatório enfatiza o papel vital que as organizações da sociedade civil podem desempenhar na entrega dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável quando devidamente apoiados.


Entre os representantes dos membros da Forus está Pedro Bocca, Assessor de Incidência Internacional da Associação Brasileira Organizações Não Governamentais (Abong) e que compartilhou suas percepções e recomendações vinculadas ao relatório


Sobre o ODS 17


O Objetivo 17 dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável tem como título "Fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável" por meio das finanças, tecnologia e comércio. Saiba mais sobre o ODS aqui.


Sobre a Forus International


A Forus International foi fundada em outubro de 2008 com o objetivo de fazer com que as vozes nacionais sejam ouvidas nas negociações internacionais. Reúne 69 Plataformas Nacionais de ONGs e 7 Coalizões Regionais da África, Américas, Ásia, Europa e Oceania.


Acesse o documento na íntegra aqui.


Commentaires


bottom of page