top of page
  • Foto do escritorFórumDCNTs

Relatório Reunião de 05/05/2023 - GT Saúde Mental e Neurológica 2023

- PROBLEMA PRIORITÁRIO: Estigma em saúde mental por parte dos profissionais de saúde da atenção básica, relacionado à falta de preparo e treinamento específico, e no ambiente de trabalho.

- MUDANÇAS ESPERADAS ATÉ O FINAL DE 2023:

  • Almeja-se que o estigma em saúde mental seja um tema em alta nas discussões em diferentes setores da sociedade.

- AÇÕES:

  1. Promover debates para sensibilizar gestores, principalmente nas Secretarias de Saúde, setores educacionais, entidades médicas e empresas acerca do problema.

  2. Estimular a percepção social do que seja o estigma por parte dos profissionais de saúde através de campanhas.

  3. Desenvolver cursos, ainda que pioneiros, de capacitação em saúde mental para profissionais da atenção básica.

Atividades planejadas pelo GT:

  • Lives sobre saúde mental: Dia Internacional da Saúde Mental (em outubro) e Dia Internacional da Prevenção do Suicídio (setembro), sendo uma estratégia de sensibilização no trato da pessoa com transtorno mental.

  • Vídeo de sensibilização para gerar mudança de atitude em relação ao estigma, com engajamento das Secretarias de Saúde para divulgação. Os temas serão definidos pelos membros do GT.

  • Rodas de conversas sobre saúde mental para profissionais da APS trocarem experiências e receberem acolhimento, para levar a ação e mudança de atitude.

  • Planejar, nos próximos meses, Fórum Online para discutir a Saúde Mental no olhar da APS, convidando os Coordenadores de Saúde Mental da Secretaria de Saúde e da APS para entender a realidade e desafios, para então construir uma proposta de capacitação.

    • Tema nacional.

    • Representantes no fórum de cada estado, evento junto às secretarias de saúde ligadas às capacitações de profissionais. Sendo a mesma para todos os estados.

    • O planejamento do curso será feito de maneira online (e assíncrono) para fechamento da grade e ementa.

    • Participantes das rodas de conversa podem dar depoimentos na capacitação ou a própria roda de conversa pode servir como capacitação.

    • Ter um dia específico, provavelmente em Setembro por causa do setembro amarelo.

    • Cada representante estadual pode ser responsável por uma mesa e o evento pode discutir as necessidades de saúde mental que deveriam ser incluídas na capacitação.

Participantes desta reunião:

  • Karen Scavacini, Vita Alere/IASP (Co-facilitadora)

  • Felipe Moretti, IDOR

  • Isabel Marçal, Instituto Bem do Estar

  • Marco Silva, Viatris

  • Maria Odete, ABEn

  • Neila Campos, ABRATA

  • Patrick Camelo, Associação Peter Pan

  • Sérgio Nishigima, Boehringer Ingelheim

Especialistas que estiveram em parte da última reunião e fizeram recomendações ao GT:

  • Ana Paula Cavalcante (ANS)

  • Francis Fujii (Amil)

  • Letícia Cardoso (Ministério da Saúde)


Comments


bottom of page