• FórumDCNTs

Federação Mundial do Coração lança os três pilares principais a serem priorizados na luta contra DCV

A doença cardiovascular (DCV) continua sendo a causa de morte número um no mundo, resultando em 18,6 milhões de mortes por ano. As causas são variadas: desde tabagismo, diabetes, hipertensão e obesidade, até poluição do ar e condições menos comuns, como doença de Chagas e amiloidose cardíaca. Para os 520 milhões de pessoas que vivem com DCV, o risco de desenvolver formas graves da COVID-19 é muito maior e muitos têm medo de comparecer a consultas de rotina e de emergência e acabam isolando de amigos e familiares.


Aproveitar o poder da saúde digital para melhorar a conscientização, prevenção e gerenciamento de DCV em todo o mundo é o objetivo para o Word Heart Day 2021 e a Federação Mundial do Coração delineou três pilares principais a serem priorizados na luta contra as DCV.

  1. Equidade - nas últimas décadas, os profissionais de saúde pública desenvolveram tecnologias inovadoras para melhor prevenir, tratar e gerenciar a saúde cardiovascular, mas metade da população mundial não tem acesso à internet. Aumentar o acesso à tecnologia criará opções de tratamento mais equitativas.

  2. Prevenção - Podemos prevenir doenças cardiovasculares e outras comorbidades promovendo estilos de vida que incluem dietas saudáveis, exercícios e menos uso de substâncias.

  3. Comunidade - Indivíduos com doenças cardiovasculares e outras condições crônicas estão desproporcionalmente em risco de COVID-19. As redes digitais podem conectar indivíduos com amigos, família e seus provedores de saúde para promover a comunidade quando precisamos estar fisicamente separados.

Para orientar o trabalho ao longo desses três pilares principais, foram desenvolvidas algumas novas ferramentas e recursos, que destacam as melhores práticas baseadas em evidências para profissionais que trabalham para reduzir as doenças cardiovasculares: