• FórumDCNTs

Metas Regionais de Redução de Sódio da OPAS atualizadas

As metas de redução de sódio harmonizadas atualizadas são uma ferramenta para os governos impulsionarem o progresso para alcançar uma redução na carga de DCNTs. Destinam-se a complementar os esforços e iniciativas nacionais existentes e em curso. Destinam-se a servir como referência regional e para o monitoramento do teor de sódio em produtos alimentícios.

Mais da metade das mortes por doenças cardiovasculares na Região das Américas podem ser atribuídas à hipertensão. Há evidências claras de que a ingestão excessiva de sal ou sódio tem efeitos adversos sobre a pressão arterial. A OMS recomenda uma ingestão diária na população de menos de 5 g de sal (menos de 2 g de sódio) por adulto de todas as fontes como meta para reduzir a ingestão de sal ou sódio na dieta. No entanto, o consumo de sal ou sódio na Região está bem acima do nível recomendado: o consumo diário de sal situa-se entre 8,5 g e 15 g por pessoa. Em muitos países, grande parte do sódio da dieta vem de alimentos processados, como pão, cereais e grãos, carnes processadas e laticínios. Uma forma eficaz de reduzir a ingestão de sódio da população é reduzir o teor de sódio dos alimentos consumidos com frequência.


O documento apresenta as metas atualizadas da OPAS para alimentos processados ​​e ultraprocessados ​​na Região das Américas. Os métodos utilizados para estabelecer essas metas são descritos e é incluída uma tabela com as metas para 2022 e 2025 correspondentes às diferentes categorias e subcategorias de alimentos. Este trabalho baseia-se nas metas estabelecidas em 2015 e fornece uma ferramenta importante para ajudar os países a estabelecer metas nacionais de redução de sódio.


Acesse o documento na integra clicando aqui.