• FórumDCNTs

Ministério da Saúde abre chamada para estudos sobre inquéritos de saúde - inscrições até 3/9/2021

Está aberta a chamada pública para projetos de estudos de Revisões Sistemáticas, Revisões de Escopo e Sínteses de evidências para políticas com foco nas áreas de atenção domiciliar, saúde do adolescente e inquéritos de saúde. A chamada é fruto da parceria entre o Ministério da Saúde, por meio do Departamento de Ciência e Tecnologia (Decit/SCTIE/MS), e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq.

O objetivo da parceria é apoiar estudos para políticas de atenção domiciliar, saúde do adolescente e inquéritos de saúde, a partir da promoção do uso sistemático e transparente de evidências científicas. Esses estudos podem servir de base para criação, a expansão e o aperfeiçoamento de políticas de saúde e a tomada de decisão qualificada pelos gestores do SUS.

Veja as linhas temáticas de cada eixo:

EIXO I: ATENÇÃO DOMICILIAR

Linha Temática I: Revisão sistemática sobre efetividade da atenção domiciliar na rotatividade de leitos hospitalares.

Linha Temática II: Revisão de escopo sobre modelos de serviços e custos da atenção domiciliar.

Linha Temática III: Revisão sistemática sobre o custo-efetividade da atenção domiciliar.

Linha Temática IV: Revisão sistemática sobre a efetividade da atenção domiciliar para usuários com necessidade de reabilitação intensiva.

Linha Temática V: Revisão de escopo sobre modelos de apoio ao cuidador domiciliar.

EIXO II: PLANEJAMENTO DE INQUÉRITOS DE SAÚDE

Linha Temática VI: Revisão de escopo sobre inquéritos de base populacional que realizam coleta de material biológico.

Linha Temática VII: Revisão de escopo sobre metodologias de pesquisas populacionais referente a epidemiologia dos transtornos mentais e de comportamento, de abuso de substâncias e violências.

EIXO III: SAÚDE DO ADOLESCENTE

Linha Temática VIII: Revisão Sistemática sobre a efetividade e características dos programas de educação em saúde sexual abrangentes em comportamentos de adolescentes.

Linha Temática IX: Revisão de escopo sobre características de programas de inteligência emocional com foco na prevenção do suicídio entre adolescentes.

Linha Temática X: Revisão sistemática sobre efetividade das estratégias de postergação do início da atividade sexual de adolescentes na prevenção da gravidez.


A Diretora do Decit, Dra. Alessandra Siqueira, ressalta a importância desses estudos para o avanço dos serviços do SUS: “para sermos o agente transformador do SUS, temos que nos debruçar em temas importantes que vão desde atenção domiciliar, saúde do adolescente até discutir como são feitas as pesquisas populacionais no país. Que a tomada de decisão na gestão em saúde seja informada pela melhor evidência científica para atingirmos o nosso foco de trazer melhorias da saúde da população brasileira”.


Os projetos podem ser submetidos até 3 de setembro, na Plataforma Carlos Chagas.


Acesse a chamada na íntegra.