top of page
  • Foto do escritorFórumDCNTs

OPAS lança chamada para reconhecer experiências de municípios saudáveis nas Américas - Até 18/08

A Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) lança chamada para coletar e reconhecer experiências significativas sobre municípios, cidades e comunidades saudáveis, implementada na Região das Américas. A convocatória está aberta e receberá inscrições até o dia 18/08.

A partir do Movimento de Municípios, Cidades e Comunidades Saudáveis (MCCS), a OPAS tem como objetivo contribuir para a divulgação e o intercâmbio de iniciativas implementadas em nível local na região e que contribuam para a saúde, o bem-estar e a equidade.


Quem pode participar?


Cada governo local poderá apresentar até três propostas e as experiências devem atender os seguintes requisitos:

  • Cada iniciativa será apresentada diretamente pelo governo local que a implementou.

  • Cada experiência deve ter sido implementada por pelo menos um ano.

  • Deve apresentar resultados em saúde, bem-estar e equidade.

  • A experiência deve abordar pelo menos uma das seguintes áreas:

  1. Governança local para a saúde e o bem-estar de todas as pessoas.

  2. Ação intersetorial para a saúde e o bem-estar.

  3. Participação, capacitação da comunidade e coesão social.

  4. Acesso a serviços básicos essenciais para a saúde e o bem-estar.

  5. Ambientes saudáveis, inclusivos e seguros.

  6. Gerenciamento de emergências de saúde e desastres, inclusive mudanças climáticas.

Cada proposta deve detalhar as seguintes informações:

  • Perfil do governo local: nome, localização e número de habitantes do município.

  • Nome da experiência/projeto/programa e contato da(s) pessoa(s) responsável(is).

  • Formulação de políticas: dados, objetivos e metas, entre outros.

  • Atividades e ações realizadas na fase de implementação.

  • Resultados e impacto: detalhar e especificar se o monitoramento foi realizado e o tipo de avaliação (quantitativa, qualitativa ou mista), resumindo as principais conclusões.

Quais são os critérios de avaliação?


Cada iniciativa terá pontuação máxima de 100 pontos e será avaliada a partir de critérios como Equidade (até 15 pontos); Ação intersetorial para a saúde (15 pontos); Participação social (15 pontos); Eficácia (15 pontos); Monitoramento e avaliação (15 pontos); Sustentabilidade (15 pontos); Replicabilidade (5 pontos) e; Inovação associada à experiência (5 pontos).


A OPAS convidará os prefeitos das cinco experiências mais bem avaliadas para apresentá-las no VI Encontro Regional de Prefeitos para Municípios, Cidades e Comunidades Saudáveis, a ser realizado em Huechuraba, Chile, nos dias 26 e 27 de outubro. Além disso, essas experiências serão publicadas e divulgadas em toda a rede do Movimento MCCS.


Acesse os termos e condições da convocatória aqui.


Registre sua proposta aqui.


Comentários


bottom of page