top of page
  • FórumDCNTs

Instituto Desiderata lança panorama sobre o câncer infantojuvenil no Brasil

Por ano, 8.500 novos casos de câncer são diagnosticados em crianças e adolescentes no país. Diagnóstico precoce e tratamento adequado aumentam chances de cura.


O Instituto Desiderata elaborou o primeiro Panorama de Oncologia Pediátrica no Brasil, trazendo informações regionais e estaduais sobre o perfil do câncer infantojuvenil, o acesso ao tratamento e o monitoramento da informação no país. O material foi construído com o apoio técnico de profissionais da Fundação do Câncer, do Instituto Nacional de Câncer e da Iniciativa Global da Organização Mundial da Saúde para o Câncer Infantil na América Latina e Caribe.


O câncer é uma doença complexa, mas que tem enormes chances de sucesso no tratamento quando diagnosticada oportunamente. Na oncologia pediátrica (faixa etária de 0 a 19 anos), a cura pode ser de até 80% dos casos. No Brasil, anualmente, cerca de 8.500 novos casos de câncer são diagnosticados em crianças e adolescentes. Isso corresponde a cerca de 2-3% do total dos casos de câncer diagnosticados e é a principal causa de morte por doenças nessa idade (importante observar que no país o que mais mata crianças são as chamadas causas externas, as violências, depois vem o câncer).



O documento conta ainda com reflexões de vários profissionais de saúde sobre o cenário atual e as perspectivas futuras sobre o câncer infantojuvenil no Brasil. As análises foram realizadas com os dados mais atuais disponibilizados nos sistemas de informação sobre mortalidade, os dados populacionais, dados de estabelecimento de saúde, registros de câncer de base hospitalar e populacional.


As informações analisadas são até o ano de 2019, não refletem o impacto da pandemia de COVID-19, que só poderá ser mensurado nas próximas edições. No território brasileiro, existem 30 Registros de Câncer de Base Populacional (RCBP) ativos e três em fase de implantação. Os dados sistematizados nesses centros subsidiam o planejamento e a avaliação de programas de prevenção e controle do câncer, e a qualidade das informações coletadas é fundamental nesse processo.


Faça o download do Panorama de Oncologia Pediátrica no Brasil aqui.


Fonte: Instituto Desiderata


bottom of page