Buscar

Prevenção e controle do câncer de colo de útero

A estratégia global da OMS para acelerar a eliminação do câncer do colo de útero como um problema de saúde pública estabelece metas e objetivos de 2020 a 2030. Ela se concentra em três pilares principais:

  • prevenção por meio da vacinação contra o HPV;

  • rastreio e tratamento de lesões pré-cancerosas;

  • manejo do câncer de colo do útero invasivo, incluindo acesso a cuidados paliativos.

Para eliminar o câncer, todos os países devem atingir (e manter) uma incidência abaixo de 4 por 100.000 mulheres-ano. Para entrar no caminho da eliminação, a estratégia é que todos os países atinjam as seguintes metas até 2030:

  • 90% das meninas totalmente vacinadas (até os 15 anos);

  • 70% de cobertura da triagem com um teste de alto desempenho (uma vez aos 35 anos e novamente aos 45 anos);

  • 90% das mulheres que são identificadas com o câncer recebam tratamento (90% das mulheres com pré-câncer tratadas; 90% das mulheres com câncer invasivo tratadas).


Março lilás - prevenção do câncer de colo de útero.

Atingir as metas fará com que ocorram reduções na incidência e na mortalidade.

Em 2030, a taxa média de incidência de câncer do colo de útero cairia 10%, colocando o mundo no caminho para evitar 70 milhões de casos no século.


O câncer de colo do útero mata atualmente mais de 300.000 mulheres a cada ano, é o quarto câncer mais comum entre as mulheres em todo o mundo e seu impacto é maior em países de baixa e média renda, onde o acesso aos serviços públicos de saúde são limitados.


Assista aqui um breve vídeo do Dr. Tedros e da Dra. Princesa Nothemba Simelela, Conselheira Especial do Diretor-Geral, explicando sobre as metas.


Aguarde por um anúncio com novidades no Brasil a esse respeito durante o 7º encontro do ForumDCNTs.

9 visualizações

Assine nossa newsletter e fique por dentro!

  • Twitter
  • Facebook
  • YouTube