• FórumDCNTs

Dor Crônica: Necessidade de Gestão de Uma Doença Ignorada - 08/10

Objetivos:

  • Compreender o desafio a nível pessoal e populacional da doença crônica mais prevalente, a dor crônica.

  • Identificar boas práticas adotadas no sistema público e no privado, assim como necessidade de ampliá-las e diversificá-las, para a prevenção e o tratamento adequados da dor crônica.

  • Planejar ações intersetoriais e políticas que permitam reduzir o ônus da dor crônica sobre as pessoas individualmente e a população como um todo.


Agenda:


16h00-16h20 – Abertura e Contextualização (Vídeo)

  • Ricardo Lauricella, FórumDCNTs (Vídeo)

  • Marco Antonio da Silva, Viatris (Vídeo)

16h25-16h30 – Dor Crônica no Brasil e no Mundo, por que se preocupar? (Catarina Dahl, OPAS/OMS) (Vídeo)


16h35-16h40 – Como é atualmente e como poderia ser melhorada a jornada da pessoa com dor crônica no sistema público? (Marcos Aurélio, Sociedade Brasileira de Reumatologia) (Vídeo)


16h45-16h50 – Como é atualmente e como poderia ser melhorada a jornada da pessoa com dor crônica no sistema privado? (Felipe Vieira, Amil) (Vídeo)


16h55-17h00 – Como os diferentes níveis atenção podem melhorar os cuidados da pessoa com dor crônica? (Moises Lima, HC FMUSP) (Vídeo)


17h05-17h35 – Debate – Com quais prioridades devemos nos comprometer a fim de reduzir o ônus da dor crônica sobre as pessoas individualmente e a população como um todo? (Moderação: Ricardo Lauricella, FórumDCNTs) (Vídeo)

  • Catarina Dahl, OPAS/OMS

  • Marco Antonio da Silva, Viatris

  • Marcos Aurélio, SBR

  • Felipe Vieira, Amil

  • Moises Lima, HC FMUSP


Painelistas e Moderador:


Catarina Dahl, MSc, PhD

(OPAS)

Psicóloga, Mestre em Saúde Coletiva (UNICAMP) e Doutora em Saúde Mental (IPUB/UFRJ). Consultora Nacional de Saúde Mental, Álcool e outras Drogas na Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS).


Marco Antonio da Silva, MBA

(Viatris)

Graduado em Odontologia, com especialização em Gestão de Planos e Seguros de Saúde pelo SENAC e MBA em Gestão estratégica de Negócios pela USP. Amplo conhecimento em saúde suplementar, economia de saúde e farmacoeconomia. Atua há mais de 15 anos empresas nacionais e multinacionais nas áreas de estratégia, relacionamento e negócios, onde liderou projetos diversos nos segmentos de Seguro Saúde, Seguro Odontológico, Hospitais, Diagnóstico por Imagem e Laboratorial. Atualmente ocupa a posição de Medical Outcomes Manager na Upjohn/Viatris.


Marcos Aurélio

(Sociedade Brasileira de Reumatologia)

Graduado em medicina e especialista em Reumatologia pela Sociedade Brasileira de Reumatologia e pelo Conselho Federal de Medicina. Presidente da Comissão de Dor, Fibromialgia e outros Reumatismos de Partes Moles da Sociedade Brasileira de Reumatologia. Membro da Comissão de Dor da Associação Médica Brasileira.