• FórumDCNTs

Relatório GT Alimentação Saudável - 8° Encontro do FórumDCNTs 2021

Prioridade(s) identificada(s) para o ano de 2021:


I. Ampliar a conscientização sobre os benefícios nutricionais e para a saúde do consumo de frutas e vegetais, promovendo alimentação e estilo de vida diversificados, equilibrados e saudáveis, com potencial pra prevenção de DCNTs e suas complicações.

II. Fortalecimento do Guia Alimentar para a População Brasileira através de diferentes frentes.


Resumo das propostas e/ou parcerias para enfrentar o(s) problema(s) identificado(s). Como os participantes desta reunião planejam atuar para enfrentar a(s) prioridade(s) identificado(s)?


A proposta do GT é utilizar o espaço e as ferramentas do FórumDCNTs para promover a discussão do que é de fato alimentação saudável, o que é o Guia Alimentar para a População Brasileira e como atuar em diferentes frentes para o fortalecimento do Guia que está sob constante ataque. O GT também trará a pauta da doação de alimentos para combate à fome de forma alinhada às recomendações do Guia Alimentar, evitando assim que alimentos ultraprocessados sejam equivocadamente usados.


Com isso, o GT pretende, durante o ano de 2021, dar visibilidade ao Ano Internacional das Frutas e Vegetais estabelecido pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), e atuará em diferentes frentes para que a solução da situação de fome e insegurança alimentar não seja responsável por agravar as DCNTs.


Nome das instituições e seus representantes nesta reunião do Grupo Temático:

  • Marilia Albiero – ACT Promoção da Saúde (Facilitadora)

  • Luisa Haddad – Pé de Feijão (Co-Facilitadora)

  • Ana Maria Maya – CGAN/MS

  • Angélica Duarte – Plan International Brasil

  • Bruna Lima – FórumDCNTs

  • Eliane Naomi Del Campo - Pfizer

  • Iracema Moura – CGAN/MS



Abaixo, ações que as instituições participantes já estão desenvolvendo ou planejando para 2021:


  • ACT está fazendo rodadas com especialistas para entender melhor o preço dos alimentos e o que está contribuindo para o aumento dos preços e também está acompanhando de perto a desigualdade tributária que beneficia o acesso a alimentos não saudáveis, rotulagem e como levar informações para profissionais da área por meio de cursos.

  • CGAN está com uma agenda bem estruturada de trabalho para atuar na promoção do Ano Internacional das Frutas e Vegetais em parceria com a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), Embrapa, MAPA, Ministério do Meio Ambiente, INCRA e Ministério da Cidadania.

  • Campanha de promoção de FLV, somarão o arroz e feijão;

  • Promoção da pauta de entregar alimentos adequados e saudáveis, gerar renda e incentivar os pequenos produtores;

  • Promoverá um Seminário com gestores estaduais e municipais para incentivar políticas públicas ligadas à alimentação saudável e sustentável.

  • ADJ está promovendo lives e postagens sobre obesidade e alimentação saudável com psicólogos e nutricionistas.

  • Plan International tem projetos com crianças e adolescentes na perspectiva de prevenção e acesso à informação.

  • Pé de Feijão está trabalhando na formação de professores da rede pública para trabalhar a alimentação sustentável nas escolas.