top of page
  • Foto do escritorFórumDCNTs

OPAS lança chamada para experiências com ações intersetoriais de equidade em saúde - Até 16/10

A Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) lança chamada para identificar e compilar experiências nacionais, subnacionais e locais de trabalho intersetorial que tenham contribuído direta ou indiretamente para a equidade em saúde. O prazo para submissão de propostas estará aberto até 16/10.

Foto: Divulgação

A partir desta chamada, a OPAS busca gerar aprendizagem e reduzir as lacunas sobre experiências de ação intersetorial que contribuem para a equidade em saúde no Brasil e na região das Américas. O trabalho intersetorial é uma das cinco linhas de ação definidas pela Política aprovada no final de 2022 para recuperar o progresso em direção ao alcance dos objetivos de desenvolvimento sustentável com equidade no âmbito da Agenda 2030.


O fortalecimento da ação intersetorial como estratégia-chave para abordar os determinantes sociais da saúde e promover níveis mais elevados de equidade na saúde e bem-estar da população também tem sido adotado como tema central do trabalho promovido pela Iniciativa Especial sobre Determinantes Sociais para a Equidade em Saúde, que é coordenado globalmente pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e apoiado pela Agência Suíça para o Desenvolvimento e Cooperação.


O Diretor Geral da OPAS, Jarbas Barbosa da Silva Jr., relatou suas expectativas com a nova chamada da organização em suas redes sociais. "Precisamos documentar e divulgar boas experiências e lições aprendidas com ações intersetoriais para equidade em saúde. Em uma Região que é a mais inequitativa do mundo, essas iniciativas podem servir de exemplo para incentivar mais ações direcionadas a alcançar as populações mais vulneráveis e caminharmos para uma sociedade mais justa e mais saudável".


Conheça os requisitos da chamada


Podem participar experiências de trabalho intersetorial desenvolvidas a nível nacional, regional e/ou local. As iniciativas podem ter sido lideradas por qualquer setor de políticas públicas e/ou nível de governo e a proposta pode se referir a uma experiência surgida como iniciativa do setor saúde ou de outros setores. Podem ser experiências atualmente em desenvolvimento ou que tenham sido desenvolvidas nos últimos 5 anos.


Não há restrição quanto aos temas ou problemas abordados pela própria experiência intersetorial, mas é importante que, em sua análise, sejam abordadas em profundidade as aprendizagens geradas em no mínimo dois e no máximo três das seguintes áreas:

  1. O papel do setor saúde no trabalho intersetorial para abordar os determinantes sociais e promover a equidade em saúde;

  2. O papel de outros setores, além da saúde, na abordagem dos determinantes sociais para promover a equidade e sua relação com a saúde.

  3. Condições que impulsionam ou facilitam o trabalho intersetorial para promover a equidade em saúde;

  4. Concepções predominantes de saúde e equidade em saúde na experiência de trabalho intersetorial;

  5. Aprendizagens e desafios relacionados à institucionalidade para o trabalho intersetorial;

  6. Facilitadores da sustentabilidade do trabalho intersetorial;

  7. O papel e as características da participação social nas diferentes etapas do trabalho intersetorial;

  8. Desafios do monitoramento e avaliação do trabalho intersetorial;

  9. Outra área considerada relevante pelos autores/narradores da experiência intersetorial.

Quem pode participar?


Podem participar desta chamada:

  • Instituições acadêmicas;

  • ONGs;

  • Organizações comunitárias ou da sociedade civil;

  • Equipes de ministérios;

  • Prefeituras e outros níveis de governo, tanto do setor de saúde quanto de outros setores.

As propostas podem ser apresentadas por mais de uma instituição de forma conjunta. Os autores das experiências selecionadas na chamada serão contatados para sistematizar e aprofundar o relato do trabalho intersetorial. As experiências selecionadas serão apresentadas no âmbito da Reunião Regional de Ação Intersetorial e Equidade em Saúde, a ser realizada em novembro de 2023 em Havana, Cuba.


Cronograma


Publicação da chamada: 08/09/2023 a 16/10/2023

Data limite para submissão de propostas: 16/10/2023 (inscrições prorrogadas)

Seleção de experiências: 09/10/2023 a 16/10/2023

Publicação dos resultados: 18/10/2023

Apresentação em reunião regional: 21/11/2023 a 21/11/2023


Acesse os termos da chamada aqui.


Acesse o formulário aqui.


Comentarios


bottom of page