top of page
  • Foto do escritorFórumDCNTs

Medtronic publica livro digital sobre a reinvenção da medicina com a saúde personalizada

As transformações digitais no planeta avançam em diversos segmentos como na saúde, e a sua personalização pode reinventar a medicina como um todo. A Medtronic, empresa norte-americana pioneira em soluções tecnológicas de saúde, lança o livro digital "Could personalized healthcare reinvent medicine?" (em português "A saúde personalizada poderia reinventar a medicina?") e explica essa tendência possibilitada pelas revoluções de big data e digitalização que podem, por exemplo, prever se uma pessoa desenvolveria diabetes tipo 2 ou doenças cardiovasculares.

Esse é um dos estudos mencionados no livro, de autoria da Turing Institute, no qual o experimento utiliza um conjunto de dados compreendendo leituras de movimento para 100 mil pessoas durante sete dias. A partir desses dados é possível treinar um sistema de Inteligência Artificial para prever essas DCNTs.


A era digital está provando ser uma era de personalização. Com as mídias sociais há a possibilidade de personalizar as notícias que são consumidas e novas tecnologias permitem personalizar roupas, a inteligência artificial permite que os serviços de streaming forneçam recomendações e a saúde também está se tornando mais personalizada.


A abundância de dados de várias fontes – juntamente com tecnologias inovadoras desenvolvidas para aproveitá-los – está permitindo que os médicos façam diagnósticos mais precisos e precoces, e administrem tratamentos mais ajustados, ajudando-os a oferecer cuidados personalizados aos pacientes.


Há exemplo também na identificação de cânceres a partir de imagens de varredura e no alerta sobre o risco de desenvolver tipos específicos de câncer como os de mama e de cólon. O sistema de IA de endoscopia da Medtronic ajuda a identificar pólipos colorretais durante a colonoscopia e constata a redução de 50% em pólipos perdidos nessas varreduras cerebrais.


Outro estudo, esse conduzido por pesquisadores do Imperial College London, revela que uma única ressonância magnética do cérebro pode ajudar a prever se uma pessoa desenvolveu ou pode desenvolver Alzheimer, graças a uma máquina capaz de detectar sinais muito precoces da doença. Ela analisa 660 características diferentes de 115 regiões cerebrais e o algoritmo é capaz de encontrar padrões e fazer previsões. Em 98% dos casos é possível prever com precisão a condição. Esse avanço tecnológico poderia ajudar a obter um diagnóstico em um estágio anterior, com múltiplos benefícios no início do tratamento e no desenvolvimento de novas terapias.


O Vice-Presidente Executivo e Presidente do portfólio de neurociência, Brett Wall defende que a saúde personalizada pode ser a grande revolução da saúde e com condições de reinventar a medicina no geral. "A medicina personalizada pode ser a resposta para alguns dos maiores desafios da saúde em todo o mundo. Temos a responsabilidade e o tremendo potencial de melhorar a vida de mais pessoas em mais lugares", afirma Brett Wall.


Sobre a Medtronic


Ações mais ousadas. A Medtronic é líder global em tecnologia de saúde, atacando os problemas de saúde mais desafiadores que a humanidade enfrenta. A missão da Medtronic — aliviar a dor, restaurar a saúde e estender a vida — une uma equipe global de mais de 90.000 pessoas apaixonadas. Alimentado por diversos conhecimentos, curiosidade insaciável e desejo para ajudar todos aqueles que precisam, a Medtronic oferece tecnologias que transformam a vida das pessoas todos os dias.


Acesse o livro digital na íntegra! Clique aqui.


Fonte: Medtronic

Comments


bottom of page