top of page
  • FórumDCNTs

Laboratório de Inovação em Saúde tem inscrições prorrogadas – Participe até 31 de janeiro

O prazo para as inscrições de experiências no Laboratório de Inovação Latino-Americano de Práticas de Participação Social em Saúde foi prorrogado. A fim de ampliar a divulgação da iniciativa junto ao Fórum Social Mundial, que ocorre de 23 a 28 de janeiro, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. As inscrições serão aceitas até o dia 31 de janeiro de 2023.

O Laboratório de Inovação de Participação Social é uma iniciativa conjunta da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e do Conselho Nacional de Saúde (CNS) do Brasil, com apoio do Centro de Educação e Assessoramento Popular (CEAP). Essa ação busca reconhecer experiências exitosas de participação e engajamento social em políticas públicas e práticas em saúde. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no site da APSREDES, o Portal da Inovação na Gestão do SUS, por meio do formulário eletrônico nos idiomas português e espanhol.


As experiências homologadas serão registradas no “Mosaico de experiências do Portal da Inovação na Gestão do SUS”, das quais 20 serão selecionadas, divididas em dois eixos temáticos: a Participação e o Controle Social em Políticas Públicas de Saúde e a Participação e Engajamento Comunitário em Práticas de Saúde. Após a análise das propostas inscritas, as experiências selecionadas serão divulgadas no dia 10 de fevereiro, que ainda passarão por diálogo até abril e o seminário de encerramento que acontecerá em maio deste ano.

O público-alvo da iniciativa são entidades e movimentos sociais, organizações públicas, estatais, instituições de ensino, religiosas e grupos de populações específicas, entre outros atores sociais que atuam em países latino-americanos. O requisito necessário é que a experiência já esteja em funcionamento e são permitidos até cinco autores.


Conheça detalhadamente os eixos temáticos “Participação e o Controle Social em Políticas Públicas de Saúde” e a “Participação e Engajamento Comunitário em Práticas de Saúde”.


Eixo A - Participação e controle social em políticas públicas de saúde:

A1 - Formação e Educação Permanente para a participação social;

A2 - Fiscalização e Monitoramento de Políticas Públicas e indicadores de saúde;

A3 - Gestão participativa do sistema sanitário;

A4 - Fortalecimento da relação ensino, pesquisa e participação social.


Eixo B - Participação e engajamento comunitário em práticas de saúde:

B1- Educação popular em saúde, mobilização comunitária, análises situacionais de saúde em uma perspectiva participativa;

B2- Ações coletivas inovadoras que busquem transformações da saúde e seus determinantes sociais;

B3 – Experiências e práticas participativas que abordam elementos culturais e promoção da saúde, elaboração de diagnósticos situacionais, de prevenção e de vigilância em saúde.


Acesse o edital aqui.


Para acessar o formulário e fazer a inscrição, clique aqui.


Fonte: Organização Pan-Americana da Saúde

bottom of page