top of page
  • Foto do escritorFórumDCNTs

FórumDCNTs participa de lançamento do Código Latino-Americano e Caribenho Contra o Câncer

A Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e a Agência Internacional de Pesquisa em Câncer (IARC), da Organização Mundial da Saúde (OMS), lançaram o "Código Latino-Americano e Caribenho contra o Câncer", o primeiro Código Regional que adapta o modelo do Código Europeu Contra o Câncer, a fim de desenvolver recomendações para a prevenção do câncer direcionadas à região, levando em conta os contextos específicos em termos de fatores de risco, sistemas de saúde e desigualdades sociais na região da América Latina e do Caribe. O FórumDCNTs esteve presente no evento que debateu sobre a novidade no Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Israelita Albert Einstein, com a presença de líderes e especialistas do Hospital Israelita Albert Einstein, Ministério da Saúde, OPAS e Instituto Nacional de Câncer (INCA).

Foto: Arquivo pessoal

Mais de 60 especialistas na área e representantes da Sociedade Civil da América Latina e do Caribe, foram selecionados pela IARC, da OMS, e pela OPAS, organizados em diferentes grupos de trabalho durante 2021 e 2022. Seguindo as orientações desenvolvidas pelos grupos de trabalho e revisadas e aprovadas pelo Comitê Científico foram recomendaram 17 ações que as pessoas podem fazer para ajudar a prevenir o câncer:

1. Não fume ou use qualquer tipo de tabaco. Se você usa, é possível parar. Se necessário, conte com ajuda profissional. Também não use cigarros eletrônicos, pois levam ao uso de produtos de tabaco.


2. Faça de sua casa um lugar livre da fumaça do tabaco. Respeite e promova as leis que garantem espaços livres de fumaça do tabaco para cuidar da nossa saúde.


3. Mantenha ou atinja seu peso saudável, ao longo da vida, para ajudar a prevenir vários tipos de câncer.


4. Faça atividade física diariamente, ao longo da vida, e limite o tempo que passa sentado. Ser uma pessoa fisicamente ativa ajuda a prevenir vários tipos de câncer.


5. Faça uma alimentação saudável: Coma a maior quantidade possível de verduras e frutas em cada refeição. Inclua, habitualmente, leguminosas como feijão e lentilha; Coma grãos integrais, como pão integral, e arroz integral, em vez de grãos refinados, como pão branco ou arroz branco; Evite o consumo de bebidas açucaradas (refrigerantes, sucos prontos com açúcar). Prefira água potável; Limite o consumo de alimentos ultraprocessados, como doces, cereais matinais açucarados, salgadinhos, bolinhos e biscoitos, entre outros. Em vez disso, coma alimentos naturais ou preparados em casa; Evite carne processada, como embutidos (presunto, mortadela), salsichas, linguiças ou carnes salgadas, e limite o consumo de carne vermelha; Limite o consumo de bebidas em temperaturas muito quentes, como mate, chá ou café. Aguarde alguns minutos até sentir que o líquido não queima seus lábios ou língua.

Foto: Arquivo pessoal

6. Evite o consumo de bebidas alcoólicas para ajudar a prevenir vários tipos de câncer.


7. Amamente, quanto mais meses, melhor, para ajudar a prevenir o câncer de mama e o excesso de peso na criança.


8. Proteja-se da exposição direta ao sol nos horários de maior intensidade para ajudar a prevenir o câncer de pele.


9. Se você cozinha ou aquece sua casa com carvão mineral ou lenha, evite o acúmulo de fumaça dentro de casa.


10. Se houver alta poluição do ar em seu ambiente (externo), limite o tempo em que você passa ao ar livre.


11. Informe-se se o seu trabalho o(a) expõe a substâncias que podem produzir câncer e exija e adote as medidas de proteção recomendadas.


12. A infecção pela bactéria Helicobacter pylori pode causar câncer de estômago. Converse com os profissionais de saúde para ver se você poderia se beneficiar da detecção da bactéria e do tratamento da infecção.


13. Infecções por vírus como os das hepatites B e C, o vírus do papiloma humano (HPV) e o vírus da imunodeficiência humana (HIV) também podem causar câncer. Portanto: Vacine as crianças contra o vírus da hepatite B nas primeiras 24 horas de vida. Vacine-se e sua família, em qualquer idade, caso não tenha recebido a vacina; Vacine meninas e adolescentes contra o vírus do papiloma humano (HPV) para ajudar na prevenção, principalmente, do câncer do colo do útero, além de outros tipos de câncer. Realize esta medida preventiva nas idades recomendadas em seu país. Se disponível, vacine também os meninos; Converse com profissionais de saúde para saber se você pode se beneficiar da detecção e tratamento dos vírus das hepatites B e C para ajudar a prevenir o câncer de fígado; Faça o teste para o vírus da imunodeficiência humana (HIV) e pergunte sobre os programas de prevenção e tratamento disponíveis em seu país; Certifique-se de usar preservativo ou camisinha de forma correta e sistemática, especialmente com parceiros novos ou casuais.


14. Não faça reposição hormonal na menopausa, a menos que seja indicada pelo seu médico. A reposição hormonal pode causar câncer de mama.

Foto: Reprodução

O câncer pode ser gerenciado e curado se for detectado precocemente e tratado no momento certo:


15. Se você tem entre 50 e 74 anos, procure o serviço de saúde e solicite o exame de detecção precoce do câncer de cólon e reto (sangue oculto nas fezes ou colonoscopia). De acordo com os resultados, siga as recomendações do profissional de saúde.


16. Se você tem 40 anos ou mais, vá ao serviço de saúde a cada dois anos para fazer um exame clínico das mamas. A partir dos 50 até os 74 anos, faça uma mamografia a cada dois anos. De acordo com os resultados, siga as recomendações do profissional de saúde.


17. Se você tem entre 30 e 64 anos, procure o serviço de saúde e solicite o teste molecular do vírus do papiloma humano (HPV), pelo menos a cada 5 a 10 anos, para detecção precoce do câncer do colo do útero. Pergunte se você mesma pode coletar a amostra. Caso não tenha acesso ao teste de HPV, solicite o teste disponível em seu país. De acordo com os resultados, siga as recomendações do profissional de saúde.

Recomenda-se que os países estabeleçam metas intermediárias para alcançar a implementação gradual das recomendações que requerem infraestrutura não disponível no momento da publicação do Código Latino-Americano e Caribenho contra o Câncer.

Acesse o material completo aqui.


Acesse também o Código Europeu Contra o Câncer aqui.


Comments


bottom of page