top of page
  • Foto do escritorFórumDCNTs

De passo a passo - Da educação à intervenção! - Finalista Melhores Projetos FórumCCNTs 2024

Nome do Projeto: De passo a passo - Da educação à intervenção!

Responsável pelo projeto: Mônica Antar Gamba

Instituição: OUSE Associação. Multi. Educação e Saúde / Unifesp


Instituições parceiras: Universidades públicas - UNIFESP, parcerias com associações de pacientes (ANAD, MOHRAN), sociedade de especialistas (SOBEST/SOBENDE) e empresas de tecnologias avançadas para o tratamento de feridas



Sobre o Projeto:

O objetivo do projeto foi implantar e capacitar profissionais de saúde para a prevenção das complicações em extremidades inferiores de condições crônicas e negligenciadas implantando ações podiátricas no programa de atenção às pessoas com condições crônicas de saúde, visando intervir no impacto epidemiológico das amputações em membros inferiores, em interface com a vigilância de crônicos. O aumento alarmante de amputações relacionadas as condições crônicas no Brasil, indica a necessidade urgente de intervenções preventivas. O programa passou por avaliação preliminar, que mostrou uma redução de 30% nas internações por causas relacionadas a amputações.


O projeto foi implementado em São Paulo, com a colaboração da UNIFESP, e teve como público-alvo profissionais de saúde diversos, visando abordar condições crônicas negligenciadas, especialmente relacionadas a amputações em membros inferiores decorrentes de diabetes.  O Programa foi realizado em diferentes etapas - planejamento das ações, capacitação dos profissionais, rastreamento e intervenção das complicações em membros inferiores, podiatria clínica, avaliação posterior dos indicadores de resultados para intervenção nos polos de feridas e podoprofilaxia, medidas terapêuticas e offloading, fazendo uma regulação de casos. 


Participaram do projeto associações de pessoas com condições, sociedade de especialistas e universidades públicas. Os benefícios futuros para a população-alvo incluem profissionais mais capacitados, uma população mais informada e consciente, e uma redução significativa no número de amputações relacionadas à diabetes. Espera-se que as ações sejam incorporadas no processo de educação continuada dos profissionais e a implantação seja gradativa, considerando que os cuidados podiátricos estão incorporados à prática clínica, em especial dos enfermeiros.


Saiba Mais:



Commentaires


bottom of page