top of page
  • FórumDCNTs

OMS disponibiliza kit de ferramentas para combater a desinformação sobre CCNTs

Material foi lançado no dia 21 de outubro e traz conteúdo e reflexões sobre infodemia na área da saúde


A desinformação sobre saúde contribui imensamente para o aumento das condições crônicas não transmissíveis (CCNTs), e tão nociva quanto ela é a disseminação de informações médicas imprecisas ou inverídicas. Essas duas questões são desdobramentos da chamada infodemia, que é o aumento exponencial e em curto prazo do volume de informações associadas a um assunto específico, por exemplo sobre COVID-19. Porém, no meio de tanta informação compartilhada inúmeras vezes, o risco de mensagens incorretas ou enganosas serem disseminadas também aumenta.


Por isso, a Organização Mundial da Saúde (OMS) lançou no dia 21 de outubro o kit de ferramentas online para combater a desinformação sobre DCNTs. O material contém informações sobre escolhas alimentares e de estilo de vida prejudiciais, automedicação, abandono de tratamento médico e diagnósticos incorretos.

Para produzi-lo, a OMS realizou três reuniões com representantes dos Estados Membros, dos setores de mídia e mídias sociais e da sociedade civil, nas quais foram debatidos os principais pontos que geram preocupações sobre cuidados com a saúde e contribuem para o aumento de fake news. O kit é, portanto, resultado de um intenso processo de discussões entre visões e interesses concorrentes e de constantes atualizações no conhecimento disponível. Reflete, na medida do possível, os desenvolvimentos ocorridos após as reuniões, mas deve ser lido com o conhecimento de que não pretende conter tudo o que há para saber sobre este tema.


Acesse o documento completo aqui.


Fonte: World Health Organization

bottom of page