top of page
  • Foto do escritorFórumDCNTs

14º Encontro do FórumCCNTs - 26/4

Agenda

7h30-8h10 - Chegada de todos e acomodação


8h15 - Abertura – Boas-vindas

(Mark Barone, FórumCCNTs; Alberto Ogata, FGV; Cristiano Soster, COSEMS-Bahia; Hermelinda Pedrosa, IDF/D-Foot/SBD; Leonardo Bia, Roche; Simone Tcherniakovsky, Novo Nordisk; Tacyra Valois, CBEXS; Tatiana Toporcov, FSP-USP)


8h50-10h10 - Contextualização – Quanto temos avançado e onde precisamos melhorar?  (moderação: Yara Baxter, FórumCCNTs)

8h55-9h10 - Por quais ajustes a Atenção Primária à Saúde está passando para melhorar prevenção, ampliar diagnóstico e otimizar cuidados, visando melhores desfechos e redução de mortes prematuras por CCNTs? - Karina Mauro Dib (SMS-SP)

9h15-9h30 - Promoção à Saúde e Intersetorialidade: incorporando às políticas elementos de alimentação saudável, atividade física e determinantes sociais e ambientais - Marco Akerman (FSP-USP)

9h35-9h50 - O país tem conseguido avançar nas metas do Plano de DANT? Como os setores privado e terceiro setor podem contribuir para acelerar esses avanços? - Letícia Cardoso (SVSA - Ministério da Saúde)

9h50-10h10 - P&R


10h15-10h35 – Café Interativo


10h40-11h50 - Caminhos para parcerias inter e intrasetoriais que mudam o curso das CCNTs (moderação: Eduardo Figueiredo, Boehringer Ingelheim)

10h50-11h00 - Estratégias de engajamento dos diferentes setores e accountability compartilhada para avançar em CCNTs - Yara Baxter (FórumCCNTs)

11h05-11h15 - PROADI como propulsor de engajamento dos diferentes setores e aprimoramento dos modelos de cuidado em CCNTs - Alexandre Biasi (HCor)

11h20-11h30 - Qual o papel dos diferentes setores em ações que estão dando certo ou que devem ser priorizadas para prevenção e diagnóstico de CCNTs em crianças e adolescentes? - Renata Couto (Instituto Desiderata)

11h35-11h50 - P&R


12h00-13h00 – Almoço


13h10-14h45 - Reunião dos GTs com líderes especialistas

13h20-13h40 - 1ª rodada com especialistas

13h45-14h05 - 2ª rodada com especialistas

14h05-14h15 - Preparação do Pitch

14h20-14h45 - Pitch dos GTs

Especialistas:

  • Antonia Gama, IAPO

  • Bruno Borghi, Associação Brasileira de Startups Saúde

  • Cristiano Soster, COSEMS/BA

  • Eduardo Nilson, Fiocruz | NUPENS

  • Florentino Leônidas, Eixo Estratégia Política

  • Letícia Cardoso, SVSA - Ministério da Saúde

  • Marina de Miranda, SVSA-MS

  • Maria Aparecida Turci, UFMG

  • Tacyra Valois, CBEXS


14h50-15h25 - Apresentação dos 5 melhores projetos e premiação dos 3 melhores (apresentação: Yara Baxter, FórumCCNTs e Flávia Martins, Roche)


15h35-16h05 – Café interativo com Apresentação de Painéis Finalistas do Concurso de Melhores Projetos de CCNTs 2024


16h10-17h10 - As atuais mudanças (Plano Nacional de Saúde 2024-2027, Reforma Tributária, etc.) são garantia para alcançarmos o ODS 3.4 (redução em ⅓ das mortes prematuras por CCNTs)? (moderação: Mônica Andreis, ACT Promoção da Saúde)


17h15-17h50 - EXTRA: Presente e Futuro da Saúde Coletiva no Brasil, o que esperar das CCNTs? (moderação: Douglas Graciano, ResMed)

17h20-17h30 - Quais principais barreiras em saúde digital precisam ser superadas para que o Brasil alcance o ODS 3.4? - Luis Kiatake (SBIS)

17h30-17h40 - Apresentação e lançamento do livro “Saúde Populacional, Gestão e Sustentabilidade para o Cenário Brasileiro” - Alberto Ogata (FGV)

17h40-17h50 - P&R


Painelistas e Moderadores

(HCor)

Médico, especialista em medicina intensiva, especialista em cardiologia, doutorado pela Faculdade de Medicina da USP. Post-Graduate Diploma in Clinical Trials pela London School of Hygiene Tropical Medicine / University of London (External Programme).Atualmente é Superintendente de Ensino e Pesquisa do Hcor. Orientador do Programa de Pós-Graduação em Anestesiologia, Ciências Cirúrgicas e Medicina Perioperatória - FMUSP. Membro do Comitê Científico da BRICNet (rede brasileira de pesquisa em medicina intensive). 2o Secretário do Instituto Latino Americano da Sepse (ILAS). Diretor Científico da Sociedade Paulista de Terapia intensiva (SOPATI). Principais áreas de atuação: ensaios clínicos randomizados, revisões sistemáticas e meta-análises, terapia intensiva.


Andrea Bento

(Colabore com o Futuro)

Bacharel em Direito, com profundo conhecimento nos atores e caminhos necessários para a melhoria e construção de Políticas Públicas de Saúde no Brasil. Participou como membro efetivo da Comissão de 3ª setor da OAB/SP, 1º suplente no Conselho Nacional de Saúde, membro titular do CAMSS e COSAÚDE da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), membro no PRONON – Programa Nacional de Oncologia. Cofundadora da Colabore com o Futuro, um negócio social que apoia e orienta ONGs com estratégias de Advocacy, comunicação e gestão para melhorar o acesso ao tratamento e qualidade de vida de pessoas com condições de saúde em todo o Brasil.


Antonia Gama, PhD

(IAPO)

Antropóloga visual e urbana trabalhando na intersecção das ciências sociais e da comunicação. Mestre em Ciências Sociais pela PUC-Rio e MPhil em Documentário Etnográfico pela Universidade de Manchester (UK), onde também concluiu o PhD em Antropologia Social com Mídia Visual . Foi filiada ao Granada Centre for Visual Anthropology, onde desenvolveu pesquisa de PhD sobre as conexões entre mídia-ativismo e práticas de resistência à remoção e à violência estatal no Brasil contemporâneo. Atuou como consultora da ONU-Habitat e como pesquisadora na Secretaria de Estado de Direitos Humanos do Rio de Janeiro, Brasil. Atualmente  é Líder de Políticas e Comunicações na International Alliance of Patients'​ Organizations (IAPO)


Bruno Borghi

(Associação Brasileira de Startups Saúde)

Graduado em Direito pela Universidade Paulista (UNIP) e graduado em Automação em Saúde pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP). Atua com tecnologia e inovação da saúde há mais de 6 anos. Atuou por empresas como Beyondsoft e SoftwareOne, tendo construído três hubs de inovação na vertical de saúde para diferentes corporações. Atualmente é Presidente da Associação Brasileira de Startups de Saúde (ABSS) e Especialista em Projetos de Inovação do InovaHC (Núcleo de Inovação Tecnológica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP).


Eduardo Nilson, DSc

(Fiocruz | NUPENS-USP)

Graduado e Pós Graduado em Ciências Biológicas pela Universidade de Brasília, Especialista em Políticas Públicas pela Escola Nacional de Administração Pública (ENAP) e Doutorado em Saúde Global e Sustentabilidade pela Universidade de São Paulo (USP). Atuou como Inspetor de Saúde no DF e Consultor Técnico no Ministério da Saúde. Atualmente é Pesquisador na Fiocruz e associado ao Núcleo de Pesquisas Epidemiológicas em Nutrição e Saúde - Nupens/USP


Flávia Martins

(Roche)

Graduada em Fisioterapia pela UNIPLAC e Direito pela UDF Centro Universitário. Especialização em Fisioterapia Pneumonofuncional pela Universidade de Brasília (UnB) e especialização em Direito Administrativo e Gestão Pública pelo Instituto dos Magistrados do DF, (IMDF). Foi Gerente/Chefe de Gabinete no Ministério da Defesa, Chefe da Assessoria Especial na Secretaria de Saúde do Distrito Federal. Atuou como Coordenadora-geral de Economia da Saúde, Departamento de Economia da Saúde, Investimentos e Desenvolvimento da Secretaria-Executiva, dos Programas e Projetos de Cooperação Técnica; e no departamento de Economia da Saúde, Investimentos e Desenvolvimento da Secretaria-Executiva do Ministério da Saúde. Chefe de Gabinete Ministério da Cultura. Atualmente é Gerente de Assuntos Governamentais na Roche.


Florentino Leônidas, MSc

(Eixo Estratégia Política)

Graduado em Saúde Pública pela UnB, especialista em Atenção Básica pela UFRGS, pós-graduado em Gestão Pública pelo INSPER e mestrando em Direito com ênfase na regulação das novas plataformas em Saúde no IDP. Foi Assessor do Ministério da Saúde e da Casa Civil do Governo do DF, Consultor da UNESCO e Analista de Primeira Infância do PNUD. Tem experiências na área de Saúde Pública, Avaliação de Políticas Públicas, Monitoramento, Direito Sanitário e Relações Governamentais. Atualmente e Sócio-Fundador do Eixo Estratégia Política.


Karina Mauro Dib

(SMS-SP)

Graduada em Enfermagem pela Universidade Cidade de São Paulo (UNICID), com Aprimoramento em Psicooncologia pelo A.C. Camargo Câncer. Especialista em Atenção Domiciliar e Linhas de Cuidado em Enfermagem, incluindo: Doenças Crônicas Não Transmissíveis e Enfermagem Oncológica. Atuou como Supervisora Técnica em Saúde e atualmente é Assessora Técnica na Coordenação de Atenção Básica e representante da Área de Cuidado às DCNTs na Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo, onde compõe a equipe da Área Técnica do Programa Melhor em Casa.


Leticia Cardoso, MSc, PhD

(SVSA - Ministério da Saúde)

Graduada em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Mestrado em Saúde Coletiva pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro e Doutorado em Saúde Pública na Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca (ENSP) da FIOCRUZ. Foi Coordenadora do Programa de Pós-Graduação de Epidemiologia em Saúde Pública da ENSP/FIOCRUZ entre 2016 e 2019. É pesquisadora do Estudo Longitudinal da Saúde do Adulto (ELSA-Brasil), do projeto Saúde Urbana na América Latina (SALURBAL), atua na coordenação do Estudo CAEB (Comercialização de alimentos e bebidas no ambiente escolar de cidades brasileiras). Atualmente é Coordenadora de Vigilância de Doenças e Agravos Não Transmissíveis na Secretária de Vigilância em Saúde e Ambiente (SVSA) do Ministério da Saúde.


Luis Kiatake, MSc

(SBIS)

Mestre em Engenharia Elétrica pela Escola Politécnica da USP, e Engenheiro Elétrico pela mesma instituição. É colaborador da ISO e membro da ABNT nos Comitês de Segurança da Informação e de Informática em Saúde, da qual foi relator do Grupo de Segurança. É membro do HL7Brasil, IHE e HIMSS, representante no Comitê de Padronização do TISS (COPISS) da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Atuou como Professor na Pós-graduação em Segurança da Informação e em Informática. Foi Sócio e Diretor da E-VAL Tecnologia e Saúde, e Presidente da Sociedade Brasileira de Informática em Saúde (SBIS). Atualmente é Diretor de Relações Institucionais da SBIS.


Marco Akerman, MSc, PhD

(FSP-USP)

Graduado em Medicina, Especialista em Saúde Pública e Medicina Social pela Universidade Federal de Minas Gerais; Especialista em Gestão Hospitalar para o Setor Público - Fundação Getúlio Vargas; Mestrado em Planejamento e Financiamento do Setor de Saúde e PhD em Epidemiologia e Saúde Pública - Universidade de Londres; Especialista em Ativação de Mudanças na Graduação de Profissionais de Saúde - FIOCRUZ; Livre-Docente - FSP/USP. Foi Presidente da Associação Paulista de Saúde Pública e Vice-Presidente Regional para América Latina da União Internacional de Promoção e Educação na Saúde, fez consultorias para OPAS, FUNDAP-SP, Ministério da Saúde, ANS e Prefeituras/Secretarias Municipais. Atualmente é Professor Titular do Departamento de Política, Gestão e Saúde / Faculdade de Saúde Pública-USP.


Maria Turci, MSc, PhD

(UFMG)

Possui graduação em Odontologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (1992) e mestrado (2010) e doutorado (2015) em Saúde Pública pela Universidade Federal de Minas Gerais. Tem experiência na área de Saúde Coletiva, com ênfase em Atenção Primaria, atuando principalmente nos seguintes temas: atenção básica, saúde pública, saúde da família, equidade, planejamento, qualidade da assistência e programas nacionais de saúde. Atualmente e professora assistente de medicina na Unifenas - Universidade Prof.Edson Antônio Velano e Superintendente de Atenção Primaria à Saude da Secretaria de Estado da Saude de Minas Gerais.


Marina de Miranda, MSc, PhD

(SVSA-MS)

Licenciatura e Bacharela em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas e Mestra em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas, Doutora em Geografia Física pela Universidade de São Paulo. Em 2012, colaborou como pesquisadora visitante no Gabinete de Investigação em Geografia da Saúde da Universidade de Coimbra (UC), Portugal. Concluiu o pós-doutorado em Saúde Pública pela USP. Também é pesquisadora colaboradora do Laboratório de Geografia, Ambiente e Saúde da Universidade de Brasília. Atualmente é Consultora da Organização Pan-americana de Saúde (OPAS), colaborando tecnicamente junto ao Departamento de Análise em Saúde e Vigilância de Doenças não transmissíveis (DASNT) da Secretaria de Vigilância em Saúde, do Ministério da Saúde (SVSA/MS).


Renata Couto, MSc

(Instituto Desiderata)

Graduada em Comunicação Social (UFRJ), com Mestrado em História Social da Cultura (PUC-Rio) e especializada em Gestão Cultural (Itaú Cultural) e Financiamento e Economia da Cultura (Université Paris-Dauphine).Possui 20 anos de experiência no terceiro setor e trabalhou em organizações como Fundo Elas, Canal Futura, Médicos Sem Fronteiras, Fundação do Câncer e Fundação Roberto Marinho. Foi Diretora de Captação de Recursos na ActionAid Brasil. Atualmente é Diretora Executiva do Instituto Desiderata .


Instituições Confirmadas

ACT Promoção da Saúde

Afya

Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS)

Associação Brasileira de Asmáticos (ABRA)

Associação Brasileira de Câncer de Cabeça e Pescoço (ACBG Brasil)

Associação Brasileira de Enfermagem, Minas Gerais (ABEn-MG)

Associação Brasileira de Hipercolesterolemia Familiar (AHF)

Associação Brasileira de Startups Saúde (ABSS)

Associação Nacional de Atenção ao Diabetes (ANAD)

Associação pela Saúde Emocional (ASEC)

AstraZeneca

Banco de Alimentos do Rio Grande do Sul

Boehringer Ingelheim

Câmara Técnica do Conselho Federal de Medicina (CFM)

Centro Universitário do ABC

Colabore com o Futuro

Colégio Brasileiro de Executivos da Saúde (CBEXS)

Conselho de Secretários Municipais de Saúde da Bahia (COSEMS-Bahia)

Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS)

Conselho Regional de Farmácia do Estado de São Paulo (CRF-SP)

D-Foot International

Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV EAESP)

Escola de Educação Física e Esporte de Ribeirão Preto (EEFERP-USP)

Escola de Enfermagem da Universidade Federal de Minas Gerais (EE-UFMG)

Faculdade de Medicina da Universidade Estadual Paulista de Botucatu (UNESP)

Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (FSP-USP)

Federação Internacional de Diabetes, Região das Américas do Sul e Central (IDF-SACA)

Federação Nacional das Associações e Entidades de Diabetes (FENAD)

FIND

Fiocruz

FlexiMedical

Fundação ProAR

Grupo de Apoio a Criança com Câncer de Sergipe

Grupo de Apoio aos Portadores de Câncer de Cachoeiro de Itapemirim

Grupo de Estudo e Pesquisa Respiratória na Atenção Primária à Saúde (GEPRAPS)

Grupo de Pesquisa OCCA da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)

HCor

HIHUB.TECH

Hospital Municipal de São Bernardo do Campo

Instituto Bem do Estar

Instituto Cordial

Instituto de Defesa do Consumidor (IDEC)

Instituto de Governança e Controle do Câncer (IGCC)

Instituto do Câncer Infantil do Agreste

Instituto Desiderata

Instituto Diabetes Brasil (IDB)

Instituto Movere de Ações Comunitárias

Instituto Nacional do Câncer (INCA)

Instituto Obesidade Brasil

Instituto Tellus

Instituto Vencer o Câncer

Instituto Vita Alere

International Alliance of Patients' Organizations (IAPO)

Livelab

Ministério da Saúde

Momento Saúde Editora

Movimento Influencers Diabetes Brasil (MIDB)

Novartis Foundation

Novo Nordisk

Oncoguia

Painel Brasileiro da Obesidade

Pé de Feijão

Plan International Brasil

Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG)

Prefeitura Municipal de Valença - RJ

Prefeitura Municipal de Volta Redonda - RJ

Revista Momento Diabetes

ResMed

Roche

Sanofi/Medley

Secretaria Estadual da Saúde de Santa Catarina (SES-SC)

Secretaria de Atenção Primária à Saúde do Ministério da Saúde (SAPS-MS)

Secretaria de Vigilância em Saúde e Ambiente do Ministério da Saúde (SVSA-MS)

Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo (SMS-SP)

Secretária Municipal de Saúde de Mazagão - AP

Secretaria Municipal de Saúde de Vitória da Conquista

Sociedade Brasileira Caminho de Damasco (SBCD)

Sociedade Brasileira de Coluna

Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD)

Sociedade Brasileira de Informática em Saúde (SBIS)

Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT)

SoulBeeGood - Vertentes

The Lancet Regional Health - Americas

Universidade Estadual de Santa Cruz

Universidade Federal da Bahia (UFBA)

Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)

Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP)

Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)

Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS)

Universidade Professor Edson Antônio Velano (UNIFENAS)


Parceiros Corporativos

Commentaires


bottom of page